cultura empresarial baseada na igualdade

A cultura empresarial da sua empresa valoriza a igualdade?

Na WorkStation sabemos que somos todos diferentes. Cada equipa é composta por diferentes colaboradores com diferentes percursos, experiencias, competencias e talentos. Acreditamos que é no que nos torna diferentes que está a riqueza de cada um, esforçamo-nos por deixar que cada um de nós brilhe à sua maneira.

No Dia Internacional da Igualdade Feminina, partilhamos consigo como é que pode criar uma cultura empresarial baseada na igualdade, em que todos são bem-vindos e tratados como iguais (mesmo nas suas diferenças).


O que é a Cultura Empresarial?


A Cultura empresarial é a forma como a organização desenvolve os seus negócios e integra os seus colaboradores, clientes e parceiros. Ela é uma combinação entre as atitudes, comportamentos, missão, valores e expectativas que movem as lideranças e todos os colaboradores de uma empresa.


Ou seja, a Cultura empresarial vai muito além de um conjunto de normas escritas, ou regras a respeitar. É o que move e orienta todas as pessoas dentro da organização, em cada uma das suas ações.

Quais são as maiores diferenças entre homens e mulheres nas empresas?

Apesar de vivermos em liberdade há quase 50 anos, e de muito ter mudado nos últimos anos em relação à forma como as mulheres são integradas no local de trabalho, sabemos que ainda existem muitas desigualdades dentro das organizações.

Para além de terem maiores dificuldades ao acesso ao trabalho, as mulheres ainda ocupam poucos cargos de liderança na maioria das empresas.

O estudo Igualdade de Género ao Longo da Vida, mostra-nos que as mulheres ainda continuam a ser menos remuneradas, para exercerem o mesmo trabalho, que os seus colegas homens, podendo, em casos de profissões não qualificadas, a diferença ser de perto de 300€, e em profissões qualificadas rondar os 600/ 700€.

cultura empresarial baseada na igualdade
Dados do estudo Igualdade de Género ao Longo da Vida.

Este estudo concluiu ainda que as mulheres gastam mais do dobro do tempo do que os homens em trabalho não pago, sobretudo trabalhos em casa.

Na WorkStation preocupamo-nos com estas desigualdades, e fazemos por garantir que todos os colaboradores são tratados de forma igual, e as suas diferenças são respeitadas e valorizadas.


Como é que pode criar uma Cultura Empresarial baseada na Igualdade?


Depois de sabermos qual é que queremos que seja a cultura empresarial da nossa organização, a dificuldade é tirar do papel e colocar em prática, e incorporar-los no dia a dia.

A cultura organizacional é muito mais complexa do que imaginamos, visto que ela é composta por características que vão muito além do visível e perceptível pelos colaboradores de uma empresa.


No entanto, para que ela seja mensurável foram criadas algumas características básicas que capturam os principais aspectos formadores da cultura corporativa. Confira quais são:

  • Inovação e tomada de riscos – mede quanto os colaboradores são estimulados a inovar e assumir riscos. Ela mostra se a empresa está alinhada com práticas inovadoras ou apenas está parada no tempo, presa em processos burocráticos e sem muito espaço para os funcionários exercerem sua criatividade.
  • Atenção aos detalhes – isto é, a maneira que os funcionários de uma empresa têm atenção aos processos desempenhados e ao trabalho realizado.
  • Orientação para os resultados – todas as empresas procuram ter resultados. No entanto, o grau que cada uma delas está comprometida a isso é um dos elementos definidores da cultura organizacional.
  • Orientação para as pessoas – Ela é definida pelo grau que uma empresa está comprometida em ter atenção à maneira como os processos afetam as pessoas no local de trabalho, bem como para os papéis que elas desempenham. Dessa forma, empresas com um nível mais alto de orientação para pessoas costumam ser ambientes de trabalho mais saudáveis para os empregados
  • Orientação para as equipas – Ela se refere à maneira como as atividades de trabalho são organizadas e como os colaboradores trabalham em equipa, analisando a coesão entre os indivíduos dentro da empresa.
    .

A lei que estabelece a representação equilibrada entre homens e mulheres nas empresas e no setor público existe em Portugal desde 2017. No entanto, a partir de 2020 esta passa a ser mais fiscalizada a nível nacional. Isso vale tanto para representação atual da empresa como para a contratação de novos funcionários.


Vejamos as fases pelas quais a sua empresa deve passar para criar uma cultura empresarial baseada na igualdade:


Prognóstico


Um plano para a igualdade precisa sempre de um diagnóstico prévio. É neste passo que deve analisar a situação atual da sua organização.


Alguns dos campos em que devemos avaliar para a construção de um Plano para a Igualdade são:

  • Selecção
  • Classificação profissional
  • Formação
  • Condições de trabalho
  • Conciliação
  • Prevenção
  • Promoção interna
  • Auditoria salarial

Criação do Plano de Igualdade


Depois de terminar a sua análise da situação atual, é importante a criação de medidas que pretendam melhorar a igualdade dentro da empresa.


A elaboração dos planos para a igualdade deve seguir o previsto no Guião para a implementação de planos de igualdade para as empresas da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. No entanto, este deve ser adaptado ao contexto de cada empresa.

Negociação

Quando estiver elaborado, o seu plano para a igualdade deve ser apresentado aos colaboradores. É importante que seja criada uma comissão do plano para a igualdade, composta por colaboradores. Estes devem rever o plano e propor alterações, e negociar as ações propostas com a chefia.
No entanto, se um acordo entre a comissão e a empresa não for alcançado, o plano para a igualdade deverá prosseguir igualmente.

Registo do Plano de Igualdade


Uma vez elaborado o plano para a igualdade, ele deve ser registado legalmente. Isso significa que deve enviá-lo à Comissão para a Cidadania e à Igualdade de Género e à Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego.
Em seguida, a Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego emitirá recomendações sobre os planos para igualdade e deve publicá-las no seu site oficial.

Muitas vezes, existem razões pelas quais existem desigualdades dentro da empresa. Talvez os candidatos fossem todos homens ou mulheres, mas devemos esforçar-nos ao máximo para a conseguir alcançar, desde o processo de seleção de candidatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Com dúvidas?